O comportamento do consumidor e suas necessidades no mercado imobiliário

Devido aos novos rumos que vem tomando o mercado imobiliário, mediante o crescente número de lançamentos e a facilidade de acesso ao crédito imobiliário, foi efetuado um levantamento em relação à expectativa dos consumidores tendo em vista a aquisição de sua futura residência.
A intenção da pesquisa foi saber quais são as verdadeiras necessidades do consumidor atual, e também a avaliação solicitada para a disciplina Técnicas Promocionais de Vendas, ministrada pelo professor Luciano Medeiros.

1. Perfil do público entrevistado
Do público entrevistado, 64% correspondem ao público masculino e 36% ao público feminino, sendo que 36% se encontram dentro da faixa etária entre 20 a 30 anos, 42% entre 40 e 50 anos e 22% entre 50 e 60 anos, e 95% possui o nível superior e somente 5% possui nível médio.

2. Dados obtidos
Foram obtidos os respectivos resultados mediante as seguintes questões:
1) O que é mais importante para você em relação a um imóvel?
- Dos entrevistados, 50% disseram que o mais importante é a localização, para 42% o mais importante é a segurança e para 8% dos entrevistados, a beleza arquitetônica.

2) Qual seria a forma de pagamento que você utilizaria na compra de um imóvel?
- Financiamento bancário seria o método utilizado por 84% dos entrevistados, sendo que houve empate entre o uso de carta de crédito de consórcio e pagamento a vista, correspondendo cada um a 8%.

3) Qual a área do imóvel que deve ser mais ampla?
- Houve empate entre a opção da sala de estar e a cozinha, correspondendo cada uma a 36%, sendo que para 28% a opção seria o quarto.

4) Você pretende adquirir algum imóvel nos próximos 10 anos?
- Dos entrevistados, 92% tem a pretensão de adquirir um imóvel dentre os próximos 10 anos e somente 8% não a tem.

5) Qual o método mais utilizado para pesquisa de imóveis?
- A maioria, 57% utiliza-se de jornais impressos, 29% usa a internet e 14% se utilizam da indicação de outra pessoa.

6) O que você considera que mais valoriza um imóvel?
- Para 42% o design é mais importante, seguido pela piscina considerada por 36% e do jardim por 22%.

7) O que é indispensável em um imóvel?
- Para 50% dos entrevistados a garagem é indispensável, seguido pelo espaço total com 29% e pela varanda com 22% de preferência.

8) Qual a sua maior necessidade?
- Dos entrevistados 42% necessitam de mais de uma vaga na garagem, sendo que as opções entre uma área de serviço mais ampla e uma cozinha maior ficaram empatadas em 29% cada.

9) O que está faltando hoje no mercado imobiliário?
- Para 50% dos entrevistados, 50% disseram que faltam profissionais habilitados, seguidos de 28% pela falta de melhores ofertas de crédito e 22% pela falta de boas construções

10) Em sua opinião, o elevador é uma necessidade:
A maioria, 70%, considera o elevador uma necessidade principal, sendo que para 22% é uma necessidade secundária e 8% uma desnecessidade.

11) Você acha que o valor a ser pago por você corresponde com o real valor do produto?
Para 42% dos entrevistados, o produto pode ser de melhor qualidade, sendo que para 36% o produto não corresponde ao valor que é pago por ele e para 22% o preço é justo.

3. Conclusão
Por meio desta pesquisa, foram obtidos alguns dados que poderão direcionar os construtores e arquitetos na implantação de um empreendimento.
Deve ser levada em consideração a boa localização, com proximidade aos serviços essenciais, como farmácias, padarias, escolas, pontos de ônibus. Foi notado que este item foi até mais importante do que a segurança, que é um tema muito atual.
O financiamento imobiliário através dos bancos é o mais procurado, apesar de suas taxas ainda estarem um pouco elevadas.
A comodidade de uma sala ou cozinha amplas é bem vistas pelos compradores.
O mercado vem se mostrando aquecido, levando os consumidores a terem expectativas de aquisição de um imóvel nos próximos 10 anos.
Apesar da divulgação da internet, este tipo de consulta se encontra abaixo da utilização do jornal, mostrando que ainda vale a pena investir neste meio para propagar seu negócio.
O design arquitetônico não pode ser deixado de lado, pois ele valoriza o imóvel; assim como mais de uma vaga na garagem, em razão da facilidade da aquisição de automóveis, se torna inviável para um casal somente uma garagem, sendo que cada um tem seus afazeres e horários diferentes.
O mercado carece de profissionais habilitados e competentes, que conheçam o mercado e saibam realmente o que está sendo solicitado pelo seu cliente.
O elevador é visto como uma necessidade principal, que mesmo em prédios com máximo de 3 andares, se faz necessário a instalação deste item, mostrando que o consumidor quer comodidade, e que em caso de doença isto se torna uma necessidade real.
Concluindo que o mercado tem deixado a desejar, cobrando um valor maior do que condiz com a apresentação do imóvel, devendo rever os seus conceitos de construção.