CEF está perdendo espaço no financiamento imobiliário

Segundo matéria veiculada pela Revista Veja em 01/04/2018, A CEF vem perdendo espaço para as outras instituições em relação ao financiamento imobiliário. Dentre os 5 principais bancos do país (BB, Bradesco, CEF, Itaú e Santander) apenas a CEF possui, no momento, uma taxa maior do que 10% a.a.
Mediante a disputa entre as instituições bancárias, financiar um imóvel tem ficado mais barato, devido a redução das taxas de juros, com recursos do Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SBPE).
Diante desse quadro, a CEF já estuda baixar também suas taxas, com previsão do anúncio ainda para este mês.
Em 2017 o Banco Santander deu o pontapé inicial, já abocanhando uma boa fatia desse mercado. Segundo o o superintendente executivo de negócios imobiliários do Santander, Fabrizio Ianelli no primeiro semestre do ano passado, a concessão de crédito imobiliário para pessoa física girava em torno de 300 milhões de reais por mês. Em janeiro deste ano foram quase 774,73 milhões de reais. 
Como se vê, já está na hora dos juros cobrados por outras instições também caírem, isto é, se não quiserem ficar por fora dessa fatia do mercado.  
Fonte: Revista Veja 


Cartilha de Manutenção dos Consertos do Imóvel Alugado

QUEM PAGA OS CONSERTOS NO IMÓVEL LOCADO As dúvidas são muitas quando se trata de  consertos no imóvel locado  e quem deve arcar com...