Nordeste: “a menina dos olhos” do mercado imobiliário

Bilhões de dólares estão sendo investidos na região nordeste, capital este vindo de empresários estrangeiros que apostam no local como ícone de lazer, turismo e tranqüilidade no vasto território brasileiro.
Muitos consórcios já estão a todo vapor, focados na construção de resorts, hotéis e outras tantas oportunidades que incrementam o lazer e o turismo da região. 
Países como Marrocos, Tailândia e México já viram em seus territórios esta explosão de dinheiro vindo de outros países com foco no turismo regional – fato é que este movimento rumo ao norte brasileiro é reflexo da explosão e falta de espaços em capitais como Rio de Janeiro e São Paulo – que são destinos turísticos já “carimbados” no passaporte de quem deseja visitar e conhecer o Brasil.
A procura por imóveis em São Paulo continua grande, com tendências de construções menores do que o habitual e atendendo uma nova fatia de mercado que são as pessoas agraciadas pelo programa “Minha Casa, Minha Vida” do governo federal. 
O que muda é que agora a região nordeste goza de uma grande oferta de empregos no setor da construção civil, e já prepara seu terreno para oportunidades de trabalho na área do turismo, comunicação e administração – que serão necessários para colocar em prática este novo setor que nasce “Brasil-acima”.
Boas estradas, condições de saneamento básico, e recursos humanos capacitados serão necessários para que todos estes empreendimentos e investimentos sejam colocados em prática. Sem o incentivo do governo e o aperfeiçoamento da própria população, nada disso se tornará realidade. As expectativas são para que os primeiros empreendimentos estejam prontos até o final de 2013.
Fonte: Creci-PB