Quer adquirir um imóvel mas não sabe como comprovar sua renda? Veja quais são as possibilidades:

A documentação solicitada irá variar de acordo com a categoria profissional ou 
fonte de renda da pessoa física.
Ao solicitar um empréstimo ou financiamento bancário é imprescindível a 
comprovação da renda. Essa é a única forma da instituição avaliar a capacidade de pagamento do cliente referente ao compromisso que será assumido.
Comprovar a renda não é tão complicado, mas há diferenças dependendo se o cliente for trabalhador assalariado, autônomo, aposentado ou pensionista.
Em geral a apresentação do holerite / contra-cheques e a última declaração do Imposto de Renda são suficientes, mas há algumas especificações dependendo da categoria na qual o cliente se encaixa.
Veja abaixo:

  • Trabalhadores assalariados => Carteira de Trabalho + cópia dos 3 últimos holerites / contra-cheques + Declaração do Imposto de Renda.
  • Trabalhadores Horistas => Carteira de Trabalho + cópia dos 6 últimos holerites / contra-cheques + Declaração do Imposto de Renda.
  • Aposentados e Pensionistas => Comprovante dos 3 últimos benefícios + + Declaração do Imposto de Renda + Declaração do INSS.
  • Trabalhadores Autônomos e Profissionais Liberais => Cópia do contrato de prestação de serviço + Declaração do Imposto de Renda + RPA (Recibo de Pagamento Autônomo) + DECORE (Declaração Comprobatória de Percepção de Rendimentos).
  • Trabalhadores Rurais => Declaração do Imposto de Renda + Declaração do Sindicato, Cooperativa ou Associação + DECORE (Declaração Comprobatória de Percepção de Rendimentos).
  • Rentistas (aqueles que vivem de aluguéis e/ou rendimentos) => Declaração do Imposto de Renda + Extrato de aplicações + DECORE (Declaração Comprobatória de Percepção de Rendimentos).


Procure a Instituição Bancária de sua preferência. 
Compare as melhores taxas de financiamento entre outras Instituições. 
Uma delas se encaixará perfeitamente e seu perfil e te auxiliará a ter seu tão sonhado imóvel.

Empresa Amiga da Diversidade!