Aposta em home service Imóveis aparecem como opção para quem quer investir no setor imobiliário

Se você pudesse escolher entre um investimento hoje, o que faria? Pagaria suas economias em um imóvel, automóvel, viagem, ações da bolsa? O momento atual do mercado imobiliário, em franca ascensão, é um convite. Mas se você é daqueles que acompanha o setor de olho nas boas oportunidades, vai a dica de especialistas: imóveis do tipo home service, versáteis e, o que é melhor, rentáveis.

No últimos anos, o mercado desta modalidade habitacional praticamente dobrou. E investimentos na região do Complexo de Suape têm dado uma boa contribuição ao boom dos home service. Tanto que o preço cobrado no aluguel subiu, sendo uma ótima alternativa para quem está querendo investir no segmento imobiliário. Além disso, está difícil encontrar imóveis desse porte para alugar.

A Construtora Dallas, que há mais de cinco anos só constrói home service e se especializou neste filão na Zona Sul, colhe os frutos dos investimentos. Para se ter ideia, o metro quadrado de um empreendimento deste tipo em Boa Viagem, Zona Sul do Recife, chega a valer entre R$ 5 mil e R$ 5,5 mil. Temos investidores que estão tendo uma renda de locação de até R$ 1,8 mil num home service de um quarto, conta Sérgio Arruda, diretor da Dallas. A fase, pelo visto, é áurea.

Há um ano e três meses, a estudante universitária Mikaelle de Alencar Oliveira, 20, trocou um apartamento convencional por um home service, em Boa Viagem. A ideia veio a convite de um amiga, que já morava neste tipo de imóvel e a convenceu das vantagens. Os gastos elevados com o outro imóvel e a praticidade do novo local foram decisivos no momento da troca.

Ela gastava R$ 1.350 com condomínio e aluguel no imóvel anterior, mesmo valor que pago no home service de dois quartos, com serviços internos. Meus pais já estão interessados em comprar um imóvel deste tipo para alugar, descreve Mikaelle. O pensamento é mesmo na renda futura, uma vez que a maioria esmagadora dos compradores prioriza os ganhos com aluguel.

Segundo a Dallas, mais de 50% dos produtos criados pela construtora vão para a carteira de clientes, que compra pensando no caixa extra da locação. Do lado oposto, na Zona Norte, algumas construtoras já têm projetos em andamento do tipo home service. Se a localização for boa, vale a pena investir. No home service, você modifica como quer e a rentabilidade do aluguel é excelente. As pessoas estão com mais condições econômicas para investir e o momento é agora, reforça Arruda.

Diario de Pernambuco